RSS

Centros Culturais de Brasília

Quem mora em Brasília reclama que os eventos culturais custam caro. Nem todo mundo está disposto a pagar 40, 50 reais para ver uma peça de teatro ou assistir a um filme no cinema. Somam se a isso os gastos com alimentação e transporte, principalmente para quem mora nas satélites, e um simples fim de semana de diversão com a família pode comprometer a renda do mês. Viver em Brasília está longe de ser igual à vida em uma cidade pacata do interior, principalmente por ter um dos maiores custo de vida do país.

          Mas é possível ter acesso a lazer e cultura de qualidade na cidade sem gastar muito. O Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), por exemplo, oferece regularmente arte e diversão a preços acessíveis. São exibidos espetáculos de dança, teatro, cinema, exposições, etc.

          Os eventos apresentados valorizam a diversidade cultural e a inovação. É comum encontrar entre o público presente, pessoas que estão ali pela primeira vez. Como é o caso da atendente comercial Mônica, 22, “Tem gente que diz que não gosta de teatro, mas nunca assistiu a uma peça na vida. Eu também achava que não gostava”

          O CCBB faz parte da política cultural do Banco do Brasil, que permite à população desfrutar de eventos culturais de qualidade gastando pouco dinheiro ou mesmo de graça. Essa iniciativa do Banco do Brasil é uma tentativa de democratizar o acesso do público à arte e a cultura. Serve também para incentivar os artistas, disponibilizando espaços para exibição de seus trabalhos.

          São realizadas exposições, que apresentam obras de artistas estrangeiros e locais. Diariamente acontecem exposições de fotos, vídeos, artes plásticas, design, etc. A diversidade cultural é sempre enfatizada.

          Assim como BB, A Caixa Econômica Federal (CEF) também tem uma política cultural que visa proporcionar à população o acesso a cultura e lazer. Localizado no anexo do edifício matriz da CEF, Setor Bancário Sul, O centro Caixa Cultural é composto por um teatro com capacidade para pouco mais de 400 lugares, quatro galerias de arte, um Café cultural, com 100 lugares, uma livraria, além da Mostra do Acervo Artístico e Histórico da Caixa, entre outros.

          Gravações em vídeo e fotografias são proibidas nos espaços da Caixa.  No CCBB elas são permitidas, desde que não se use flash.

 Confira as imagens da estrutura do CCBB e da Caixa Cultural:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Programação

          Para comemorar os 150 anos da instituição, a CEF elaborou uma programação especial com exposições, danças, encontros. Desde o dia 5 de maios está em cartaz na Galeria Vitrine a exposição Sinopse, do artista alemão Gerhard Richter, Considerado um dos maiores pintores da atualidade.  A exposição, inédita na cidade, vai permanecer à disposição do público até 12 de junho.

          Outra exposição vai mostrar o trabalho de um dos maiores representantes da gravura no Brasil. A mostra “Rubem Grilo – Xilográfico (1985 a 2011)” exibe 197 gravuras especialmente selecionadas entre toda a produção do artista nos últimos 26 anos. A mostra vai ficar na Galeria Principal da Caixa Cultural até o dia 26 de junho. As exposições são gratuitas.  Dos enventos pagos, nenhum custa mais de 20 reais (10, meia entrada).

          Todos os eventos apresentados, seja na Caixa Cultural ou no CCBB, buscam estimular a reflexão do público sobre os temas que abordam, geralmente com grande apelo social. Mas se engana quem pensa que os eventos não são atrativos. “Dificilmente alguém vem só uma vez quem experimenta a primeira vez sempre volta”, diz a estudante Daiane, 18, que virou frequantadora.

          Em 2011, o CCBB está homenageando os grandes diretores cinematográficos. Não só produções recentes são apresentadas, como também produções lançadas a patir da década de 50. Desde o início do ano vem sendo exibidos filmes de diretores consagrados do cinema como Alfred Hitchcock e Clint Eastwood, entre outros. A intenção é mostrar filmes não comerciais e pouco conhecidos do público.

Investimento

          Para este ano, o BB anunciou um investimento de 45 milhões de reais. O dinheiro, que já está sendo aplicado, foi repartido entre os Centros Culturais de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília, que recebeu R$12,4 milhões para investir em artes cênicas, música, audiovisual, ideias e programa educativo.

          O BB selecionou 150 projetos, entre mais de três mil, que estão compondo a grade de programação dessas cidades. Além desses, outros projetos serão introduzidos para complementar a programação.

          O CCBB está localizado no Setor de Clubes Esportivo Sul. São disponibilizados ônibus gratuitos, que funcionam de terça a domingo a partir das 11h. O público também tem a disposição estacionamento de graça com capacidade para 500 automóveis e vigilância.

 Veja depoimentos de frequentadores:

Interaja conosco! Post um comentário no twitter explicando o que não pode faltar em um centro cultural com a hashtag #arteculturaparatds!

Grupo:

Flávio Correa, Gerline Soares, Diego Dias, Kelly Amaro e Rhayani Zischegg

 
Deixe um comentário

Publicado por em junho 5, 2011 em Tag

 

Infografia Multimídia

O uso de infográficos é uma forma de enriquecer as matérias mostrando situações que só poderiam ser descritas visualmente para um melhor entendimento, podendo então tirar certas dúvidas. Resume em figuras e pequenos textos a cronologia dos acontecimentos de forma que instigue ainda mais o interesse do leitor sobre o assunto.  Este formato é muito importante, principalmente em matérias de revistas por permitir que os textos não fiquem longos e monótonos, já que o leitor espera pela informação completa e detalhada.

Código Florestal

Para que se entenda as mudanças no novo projeto aprovado pela Câmara dos Deputados foi feito um infográfico na agência Estado dividido em três tópicos: a) área de preservação permanente b) reserva legal c) Regularização das propriedades. Os dois primeiros citados apresentam figuras e pequenos textos que descrevem a área situada e que apontem as mudanças feitas pela nova lei à espera da aprovação do senado a ser sancionada pela presidente Dilma Rousseff.

Voo 447 – Air France

Após dois anos da tragédia do Air France que caiu em alto-mar foi realizada uma nova nova busca pelo que restou do avião. O site da Veja publicou uma matéria com um infográfico mostrando como seriam retirados do fundo do mar os destroços e corpos das vítimas. Nele é indicado os métodos a serem usados, o local da tragédia e o que se encontra na profundidade do oceano além dos objetos e vítimas a serem resgatados para que se tenha noção de uma operação que nunca foi testada em tamanha profundidade.

Tchernobil

A maior catastrofe nuclear do século 20 ocorrida em Tchernobil completou 25 anos, e o site Uol Notícias elaborou no último mês um infográfico para que se entenda todo o caso. Foi feito um infográfico com animação (a parte interessante), mostrando dados, datas, fotografias seguidos de textos explicativos sem deixar nenhum detalhe de fora.

____

Morte de Jean Charles – 2005

O brasileiro Jean Charles, confundido com um terrorista em um metrô na Inglaterra foi notícia no mundo inteiro. Foram lançados livro e filme sobre o caso. O filme narra a história de Charles, mas não fala diretamente do dia em que ocorreu o assassinato. Como já faz um tempo não me recordo de ter visto um infográfico que explicasse o ocorrido, pela época acredito que tenham feito um mais simples em comparação ao que vemos nos dias de hoje.

Crise econômica – 2008

O termo economia é  para os leigos como tentar entender de física quântica (pelo menos para mim), e muitos fogem do assunto com a justificativa de que não entendem bulhufas, porém é um tema relevante e cabe a todos ter pelo menos uma noção do que se trata. Então imaginei um infógrafico que explicasse o que foi a crise de 2008 e como a economia funciona. Não achei nenhum que abordasse o assunto, que possivelmente deve existir perdido pelos sites na internet, só econtrei um blog que a explicasse de uma maneira bem interessante e fácil de compreender.

A morte do rei do pop – 2009

O ‘adeus’ de Michael Jackson não precisava necessariamente ser narrado através de infográficos. Porém foi notícia durante muito tempo, além de ter circulado informações falsas que geravam dúvidas aos leitores e telespectadores com relação a verdadeira causa de sua morte.  Recordei-me do fato, e imaginei um infográfico em que mostrasse os altos e baixos de sua carreira, e pesquisando encontrei  um em forma de HQ produzido pelo G1. A ideia foi muito interessante, recebendo o título de “Os últimos dia de Michael Jackson”, os quadrinhos foram baseados em reportagens e relatos reais com direito a continuação.

 
1 comentário

Publicado por em maio 26, 2011 em Tag

 

Reportagens Multimídia

Vaticano

No dia 1º de maio pessoas do mundo inteiro acompanharam a beatificação do Papa João Paulo II.

O site Uol Notícias fez a cobertura completa da cerimônia realizada na praça São Pedro, no Vaticano.

                   

O usuário teve acesso com exclusividade a leitura de textos detalhada, vídeos e fotos sobre a cerimônia de beatificação além de encontrar links com assuntos importantes relacionados a notícia.

Ao longo da pesquisa encontrei uma matéria que dizia que o Vaticano lançaria um site multimidia de notícias até o mês de abril, o vatican.va . Como já estamos em maio, há exatamente 6 dias do último acontecimento, não pude deixar de conferir.

É um site bem elaborado, em oito idiomas e muito fácil para navegar. Seu conteúdo é completo e vai desde os arquivos sobre todos os papas até notícias atuais a respeito das ações do Vaticano. Além de vídeos, fotografias, acesso a biblioteca e a livraria vaticana. Para os católicos e fieis seguidores dos Papas, vale a pena conferir o site e conhecer melhor este país e sua história.


Futebol

Para os amantes de futebol que ‘necessitam’ saber tin tin por tin tin das notícias sobre seu time favorito, o G1 atende a todos os quesitos.  Nele é possível assistir aos jogos em tempo real, ter acesso a vídeos com entrevistas dos jogadores e ou técnicos e presidentes dos clubes como também os cliques no exato momento do lance e da falta. Além das diversas matérias diárias, sobre todo e qualquer assunto relacionado ao futebol, como a ida ou saída de um jogador para determinado time, e assuntos sobre a Copa 2014 e Olimpíadas 2016, por exemplo.

Essa semana deu o que falar no futebol brasileiro. Em uma mesma fase quatro times ficam fora da libertadores: Internacional, Grêmio, Fluminense e Cruzeiro. Mas o que me chamou atenção mesmo foi a matéria com o título: Massacre coxa-branca: Coritiba goleia Palmeiras e fica perto da semi  sobre o jogo da Copa do Brasil – Palmeiras x  Coritiba, realizado nesta última quinta-feira. Então a escolhi para o post.

    

Na página contém os vídeos da partida que era possível acompanhar em tempo real, a matéria sobre a goleada com fotos do time vencedor comemorando, imagens da hora do gol, e uma tabela com o nome dos jogadores, técnicos, número de cartões e etc.

Outro site muito bom é o esporteinterativo.com.br que reúne notícias e informações nacionais e internacionais sobre futebol e também vídeos, áudios, blogs e jogos ao vivo. Como já diz o nome,  o site foi feito para interagir o torcedor atraves de seu conteúdo recheado de opções.

Chile

Não poderia deixar de postar sobre os 33 mineiros presos dentro de uma mina no Chile ano passado, pois foi um marco para a história. O mundo inteiro aguardava o momento do resgate. Foram 70 dias de agonia, tanto para eles quanto para as famílias, e até para as pessoas que se sensibilizaram com o fato.

Lembrei da página que o G1 publicou a cobertura completa contendo fotos, vídeos, entrevistas, infográfico e links de matérias relacionadas, dias após a operação ocorrida no dia 13/10/2010 e atualizada no dia 18/10.

 

Escolhas

As escolhas foram um tanto aleatórias. Fui lembrando tanto de fatos recentes como passados, e assimilando algumas coisas.

Pesquisei sobre a beatificação do Papa em várias agências e a que mais me informaria melhor se o assunto fosse de interesse pessoal seria essa do Uol Notícias. Como dito, no decorrer da pesquisa soube do site multimidia feito para o Vaticano por coincidência.

Logo mais lembrei do assunto futebol que sempre é abarrotado de conteúdo multimídia muito bem localizados na mesma página, para que o leitor encontre o que queira sem precisar ficar procurando. E então pensei no G1 e no Esporte Interativo.

Por fim busquei por um fato que já é passado mas não esquecido e que ficou muito tempo na mídia, o resgate dos mineiros, em que eu acompanhei pelo G1.

 
1 comentário

Publicado por em maio 7, 2011 em Tag

 

A função dos Links

Atividade realizada por:

Gerline Soares 994824-4  Flávio Correa 943606-5  e  Rhayani Zischegg 947735-7.

O site de notícias observado pelo grupo foi o G1. Durante a análise identificamos os seguintes tipos de links:

a. conjuntivo;

b. disjuntivo;

c. editorial;

d. serviços;

e. publicitário;

f. acontecimento;

g. detalhamento;

h. memória (número reduzido, comparado aos demais).

A. Abaixo, verificam-se exemplos encontrados dos tipos de Editoriais Narrativos, de acordo com a tipologia de Mielniczuk.

a. Acontecimento; Relato da morte recente da enteada do cantor Roberto Carlos, Ana Paula Rossi Braga.

b. Detalhamento;  Notícia sobre o estado de saúde do menino Patrick Hora Alves, que vivia com coração artificial há um mês. Há relatos da assessoria do hospital sobre seu estado de saúde. Além disso, detalhes sobre a causa da morte da doadora do novo coração de Patrick.

c. Exemplificação e complementação Por meio de vídeos e infográficos, o site de notícias complementa as informações sobre a tragédia em Realengo.

d. Memória O texto noticia o maior prêmio da Loteria Federal a ser pago em 2011. Além disso, trouxe uma tabela (Memória) dos Maiores prêmios da história da Mega-Sena.

B. Os tipos mais recorrentes de links Editoriais Narrativos são os de acontecimento, detalhamento, exemplificação e complementação. Muito raros: memória. Inexistentes: oposição.

D. Links intertextuais identificados:

Exemplo de link intertextual disjuntivo.

Exemplo de link intertextual conjuntivo.

E. O site pesquisado faz uso de links disjuntivos com frequência. como por exemplo, as propagandas,  publicidade e entretenimento

H. O grupo considera útil a tipologia de links proposta por Mielniczuk, tendo em vista ser uma forma diferente das demais de fazer com que o leitor mantenha-se informado sobre tudo de seu interesse em um único lugar. Dessa forma, descarta-se a necessidade de busca por outros sites. Críticas do grupo: inclusão de mais links ligados ao fato noticiado, mais dados de memória, mais opinião de especialistas tanto favoráveis quanto contrários.

 
1 comentário

Publicado por em abril 16, 2011 em Tag

 

Sugestão de documentário

 

A Revolução não Será Televisionada

O documentário  “A Revolução não Será Televisionada” retrata o golpe que tirou Hugo Chávez do poder.

“Kim e Donnacha estavam no lugar certo, na hora certa. Realizavam no palácio presidencial um documentário sobre o presidente venezuelano quando eclodiu o golpe. Competentes, não perderam a chance de mudar a pauta e registrar, de vários ângulos, um momento histórico.”

Mais: Nichos de qualidade

 

É curioso o caminho que os levaram ao produto final. Assisti e recomendo, principalmente a quem tem como projeto realizar um documentário. Outro exemplo parecido é “Estamira”, que estarei sugerindo em breve.

 

Segue abaixo os links do documentário no Youtube dividido em dez partes:

Parte 1

 

Parte 2

 

Parte 3

 

Parte 4

 

Parte 5

 

Parte 6

 

Parte 7

 

Parte 8

 

Parte 9

 

Parte 10

 

Os jornalistas de sorte que antecedem os da nova era, sem premeditar estavam no lugar certo e na hora certa do acontecimento. Os de hoje escolhem o lugar e a hora certa com a ajuda da internet.


 
Deixe um comentário

Publicado por em abril 3, 2011 em Tag

 

Exercício Links

 

Títulos Ruins

‘Agora para mim acabou’, diz suposta filha de Alencar

O que acabou? Fica confuso para quem não acompanhou a situação.

Bolsonaro: “Negra pode, mas não a Preta Gil”

Que negra? Por que não a Preta Gil?

Congresso suspende votações em plenário em homenagem a Alencar

Idéia de título: “Congresso presta homenagem a Alencar”

Luxa sofre três gols pela segunda vez em sua nova era no Flamengo

Idéia de título: “Luxa sofre três gols em sua nova era no Flamengo”

MPF quer que Eletronorte compense índios Gavião pela construção da UHE de Tucuruí

Idéia de título: “MPF quer que Eletronorte compense índios por construção”

 

Os dois primeiros títulos confundem por não deixar claro do que se trata a notícia. Já os três últimos estão muito extensos, poderiam ser mais objetivos.

 

Títulos Bons

O bom humor, mesmo na pior hora

Ministro rebate Fifa e diz que \’Copa do Mundo é hoje\’

Brasil quer ajudar Portugal, mas dentro da lei, afirma Dilma

Trabalho impedirá Paris Hilton de ir ao casamento de príncipe William

Obama não descarta entregar armas à oposição líbia

 

O primeiro título foi elaborado de forma criativa. Os outros quatro são objetivos e despertam a curiosidade do leitor.

 

Dupla: Rhayani e Flávio

 
1 comentário

Publicado por em março 29, 2011 em Tag

 

Mídias Sociais

(…)Um novo universo comunicacional surge com o advento da internet e sua franca ampliação para fins de informação, trabalho e lazer, entre outros usos. O ciberespeaço se configura a partir do principio da interação, da colaboração e de uma maneira de se comunicar, não mais de um para todos, de todos para todos. “Nós criamos um mundo no qual cada um, onde estiver, pode exprimir suas idéias, por mais singulares que possam ser, sem o temor de ser reduzido ao silêncio ou a uma norma”. (MOUNIER, 2006,P.170)  –  Mídias Sociais

Dentre todos os conceitos pesquisados sobre o que é, e para que servem as Mídias Sociais, esse foi o que mais me identifiquei quando procuro defini-las. No decorrer da pesquisa, percebi que o termo Midias Sociais é descrito apenas de forma distinta, pois nos levam para o mesmo entendimento.

Essa interação entre pessoas conhecidas e desconhecidas ainda é um tanto curiosa. Muito antes dessa revolução das midias sociais, não costumavamos interagir com pessoas de nosso meio todos os dias, apenas existiam os programas de conversação. O que dirá as desconhecidas em que nos pegamos opinando suas idéias expostas nas redes sociais? E a idéia que somos um entre todos no mundo? Que permanecemos aqui sozinhos desse lado ao mesmo tempo que sabemos tudo daquele outro?

Os usuários tem dominado cada vez mais as ferramentas disponíveis nas redes sociais. Todos os dias aparecem uma novidade. Sabemos tudo que é do momento e o que já está ultrapassado. Sempre há algo novo para aprimorar a aparência  e facilitar a integração como nos Blogs por exemplo.

Minha primeira experiência nas redes sociais foi quando fiz um fotolog. Todos os meus amigos tinham um.  Trocavamos comentarios diariamente entre nossas fotos. Na época teve grande repercussão. Hoje vejo o quanto todas essas mídias juntas fazem de nossas idéias mais completas. Gosto dessa diversidade, apesar de no inicio não me familiarizar muito, como quando fiz o Facebook e o Twitter. É interessante trocar informações com pessoas ao qual me identifico mas que nunca nem escutei sua voz.

Filmow faz o estilo. É um site especialmente para filmes.Os usuários discutem seus acervos favoritos, os que querem ver, e até os que não assistiriam nem por decreto. Nele, os próprios navegadores adicionam o filme e a sinopse de sua autoria e ainda recebem dicas. Já imaginou saber/contar um dia todos os filmes que já assistiu? Como gosto de filmes foi de fato uma descoberta muito relevante.

Por fim, penso que para cada qual, exista uma midia social que lhe seja apropriada como o Twitter e o Blog tem sido para o jornalista.

Por Rhayani Zischegg

 
2 Comentários

Publicado por em março 26, 2011 em Tag